Dia do Meio-Ambiente

Olá papais e mamães


Nesta semana, comemoramos o dia do meio-ambiente (05). Como vocês sabem, a sustentabilidade é um dos nossos principais valores, então é claro que abordaremos o assunto.


Desde segunda-feira, nossos aluninhos estão tendo atividades lúdicas e divertidas relacionadas à sustentabilidade. O objetivo é plantar essa sementinha de consciência ambiental e social neles, de uma maneira leve, para que no futuro eles tomem as decisões importantes para proteger o nosso planeta.


Entretanto nosso público aqui são vocês, então podemos falar com mais gravidade sobre o assunto - e ele precisa.



Papo sério:


Faz tempo que ouvimos que o planeta está passando por mudanças climáticas preocupantes. A maioria dos cientistas sérios concorda sobre isso e, também, sobre o papel do homem nesse processo.


Saber que nós dividimos parte da responsabilidade é o que torna o desenvolvimento sustentável uma questão importante para garantir a qualidade de vida das futuras gerações.


Durante a semana, postamos no instagram algumas imagens relacionadas à sustentabilidade.

Falamos sobre as próprias mudanças climáticas, sobre a escassez de água e sobre os lixões e prometemos um post falando sobre o que podemos fazer para ajudar nessa luta.


Mas a triste verdade é que tem pouca coisa que conseguimos fazer sozinhos.


As questões climáticas são grandes e urgentes demais para serem resolvidas pelo cidadão. Pelas pessoas comuns. Eu e você com nossas atitudes em casa.


Reciclar, reaproveitar, diminuir o desperdício de comida, o uso de plástico, dar preferência por marcas que tenham um compromisso com o meio-ambiente. Todas essas ações são válidas e necessárias. Mas as projeções para o desastre climático dizem que, se medidas radicais não forem tomadas nos próximos 11 anos, os efeitos do aquecimento serão irreversíveis.


Pensar que podemos diminuir o consumo de água, ou diminuir a produção de lixo, ou diminuir o desmatamento, ou diminuir a emissão de gases de efeito estufa sozinhos, é simplificar demais a solução é colocar responsabilidade demais sobre os ombros do indivíduo.


O que podemos, de fato, fazer, como indivíduos, é propagar a mensagem da importância do desenvolvimento sustentável e cobrar de nossos representantes e das nossas empresas que tomem as medidas necessárias para evitar que a situação se torne irreversível.


E mais. Quando essas medidas forem mesmo tomadas, ou quando estiverem sendo discutidas, precisamos entender a importância delas, mesmo que isso signifique adaptações no estilo de vida.


Afinal, como dizia o comediante George Carlin, “o planeta está bem”. Ele vai sobreviver a furacões, a maremotos, a queimadas. Ele vai girar ao redor do sol ainda por milhões de anos. Quem vai sofrer sem essas atitudes, são nossos descendentes.



Mas ainda podemos ajudar


Talvez não seja possível resolver a catástrofe climática global por conta própria. Mas existem problemas ligados à sustentabilidade e ao meio-ambiente que estão ao nosso alcance.

Um deles são os lixões.


Infelizmente, ainda hoje, muitas famílias precisam viver em função do trabalho insalubre nos lixões.


No lixão de Cuiabá, um projeto atende 170 famílias, aproximadamente 600 pessoas, com o objetivo de doar roupas, brinquedos, remédios e - principalmente - cestas básicas.


O nome do projeto é Minha Vida não é um Lixo e, para ajudar com doações de cestas básicas, vocês podem transferir as doações para o M3 Supermercado:


Banco do Brasil

Agencia 46

Conta: 22853-2

CNPJ: 002.538.763/0001-16

M3 Supermercado


Cada 120 reais depositados resultam em uma cesta básica para o projeto, que são entregues mensalmente no aterro sanitário de Cuiabá.


Se você quiser obter maiores informações, pode falar com o coordenador do projeto:

Jorge (65) 98118-8885.



E um aviso:

A partir da próxima semana (10/04) a escola estará recebendo a coleta de óleo e pilhas usadas e dando destino adequado a esses componentes. Por enquanto estaremos recebendo somente da comunidade escolar, estudaremos uma forma de estender para o resto da comunidade.

9 visualizações

Fale conosco, ou venha nos visitar. Estamos à disposição para responder quaisquer dúvidas que você, ou seus filhos possam ter.

(65) 2129-4603

contato@escolaceudebrigadeiro.com.br

Rua Pedro Biancardini (antiga Rua Caracas), nº 84

Jardim das Américas - Cuiabá

CEP 78060-597